Barbie

A Barbie foi a minha fiel companheira durante toda a infância.

Por ser filha única, na maior parte do tempo tinha de brincar sozinha. O que não é necessariamente mau, porque permitiu desenvolver o meu lado criativo. Mas, era obrigada a encontrar, constantemente, novas formas de entretenimento para que as brincadeiras não parecessem sempre as mesmas.

No entanto, achava que a Barbie tinha algumas limitações que nem sempre permitiam criar as histórias, exactamente, como idealizava. Essas limitações passavam principalmente, pela cor de pele, corte e cor de cabelo, altura e formato do corpo.

99% das minhas Barbies eram magras, brancas, loiras e de olhos azuis. Demorei muito tempo até conseguir ter uma com caraterísticas diferentes. E quando consegui pouca coisa mudou (cor de cabelo e olhos).

Por isso, estou satisfeita por saber que a Barbie está agora disponível em 4 tipos de corpo (alta, baixa, magra e curvilínea), 7 cores de pele, , 22 cores de olhos e 24 hairstyles.

2016_FashionistasLine-vogue-28Jan16-pr_b_1080x720_1

As novas gerações podem agora construir histórias muito mais próximas das suas próprias realidades (já para não falar da importância da percepção da imagem corporal na auto-estima das crianças).

Anúncios
Esta entrada foi publicada em news com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s